Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Saúde Federal  

Servidores do Hospital Cardoso Fontes aprovam greve para barrar ponto eletrônico e 40h

27/01/2014

Servidores na assembleia no Cardoso Fontes que aprovou a greve
foto: arquivo pessoal

Da Redação do Sindsprev-RJ
Por Hélcio Duarte Filho

Servidores do Hospital Federal Cardoso Fontes decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir da próxima segunda-feira, 3 de fevereiro, para exigir que o governo federal suspenda a medida que impõe o ponto eletrônico e aumenta a jornada de trabalho do setor.

A decisão, tomada antes da assembleia geral da saúde federal ocorrida na noite de segunda-feira 27, na sede do sindicato, foi a resposta dos servidores à recusa do Ministério da Saúde em suspender o início do funcionamento do ponto biométrico, o que está previsto para acontecer no mesmo dia do início da paralisação (3/02).

A assembleia do Cardoso Fontes também aprovou a realização de um ato público no dia 3, a partir das 10h30. A concentração para o ato será em frente ao hospital, que fica na estrada Grajaú-Jacarepaguá.

O ponto eletrônico está sendo aplicado contra a vontade dos servidores, é alvo de uma série de questionamentos, é associado a um processo de privatização e está programado para cobrar dos servidores a jornada de trabalho de 40 horas, enquanto a categoria faz 30 anos semanais há 30 anos.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec