Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Saúde Federal  

Dia 2/06, ato unificado de servidores e usuários da saúde federal, no Inca

28/05/2014

Da Redação do Sindsprev/RJ
Por Olyntho Contente

Na próxima segunda-feira (2/6), às 11 horas, os profissionais da saúde federal, em greve desde o dia 26, farão uma manifestação unificada da categoria na Praça da Cruz Vermelha, em frente ao Instituto Nacional do Câncer (Inca). Será uma assembleia popular, da qual participarão também usuários. Haverá esquete teatral e, pouco antes, às 9 horas, será servido um café da manhã. No mesmo dia 2, a categoria participa de uma assembleia geral de trabahadores de todos os hospitais, no auditório do Sindsprev/RJ, às 17 horas.

A greve dos servidores federais reivindica mais recursos para a saúde, melhores condições de atendimento e trabalho, abertura de negociação por parte do governo para a inclusão de cláusula no Termo de Acordo de Greve (assinado em março) que garanta a extensão da jornada de 30 horas para todos os trabalhadores da rede federal, concurso público imediato e fim da privatização, que vem sendo feita através da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) e suas terceirizadas. E, no caso do Instituto Nacional do Câncer, tentada através da criação de uma fundação específica, um nome pomposo para esconder um grupo privado.

A Ebserh contraria a Constituição Federal, pois existe para contratar profissionais de saúde através da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e não servidores estatutários regidos pelo Regime Jurídico Único (RJU) e admitidos por concurso, entregando a administração dos hospitais a empresas terceirizadas. Este modelo de gestão contraria, ainda, a lei do Sistema Único de Saúde (SUS) que admite a presença da iniciativa privada, apenas de forma complementar, e a própria CLT que considera a terceirização uma forma de contratação fraudulenta de mão de obra, ao reduzir direitos, admitindo, entre outros, jornadas maiores e menores salários.

Assembleia popular, também no Cardoso Fontes

Na terça-feira (3/6), às 11 horas, acontece outra assembleia popular, também reunindo servidores da saúde federal em greve e usuários. Será no Jardim de Inverno, dentro do Hospital Cardoso Fontes, na Estrada Grajaú-Jacarepaguá. O tema será a greve e a situação precária da saúde.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec