Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Saúde Federal  

Ato no INC defende a saúde pública e exige que o governo negocie

10/08/2015

Da Redação do Sindsprev/RJ
Por Hélcio Duarte Filho

Servidores da saúde federal em greve voltaram a ocupar as ruas do Rio na manhã desta segunda-feira (10), para defender as reivindicações do setor. O protesto foi em frente ao Instituto Nacional de Cardiologia (INC), em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio.

Os manifestantes defenderam a rede hospitalar pública, criticaram as políticas de privatização e de desvalorização do servidor público. A greve da categoria, uma das que recebe os mais baixos salários nos serviços públicos federais, exige a equiparação salarial com os servidores do INSS, a incorporação da gratificação e a reposição das perdas salariais. Também luta pelo direito ao duplo-vínculo e pela jornada de 30 horas semanais para todos.

Participaram não apenas servidores do INC, mas também de outras unidades hospitalares. A saúde terá ato unificado na quarta-feira (12), às 10 horas, no Núcleo do Ministério da Saúde no Rio (Nerj), na rua México 128. O objetivo é pressionar o governo pelo início de negociações efetivas na saúde federal.

Na quinta-feira (6), os servidores ocuparam o gabinete do coordenador do ministério no Rio – diante da pressão, representantes da pasta em Brasília sinalizaram com a possibilidade de uma negociação na capital federal no dia 13, mas isso ainda não está assegurado.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec