Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Saúde Federal  

Na retomada das negociações, servidores cobram respostas do Ministério da Saúde

21/02/2016

Mesa estadual do Ministério da Saúde no Rio, realizada no dia 18 de fevereiro

Foto: Niko  

 

Da Redação do Sindsprev-RJ
Por Hélcio Duarte Filho

 

A mesa estadual de negociação do Ministério da Saúde no Rio se reuniu na quinta-feira (18). O Sindsprev-RJ participou com a presença de 11 integrantes da direção colegiada, além de dirigentes de base. Os representantes dos servidores cobraram respostas do governo referentes ao cumprimento dos acordos de greve e apresentaram as reivindicações dos trabalhadores que integravam o quadro da Funasa (Fundação Nacional de Saúde).

 

A reunião foi longa e dividida em duas etapas: a primeira, destinada a discussão do acordo de greve e das demandas do conjunto dos servidores dos hospitais federais ou cedidos. A segunda etapa foi reservada para tratar da pauta específica dos agentes de endemias (ex-Funasa). Nova negociação ficou de ser marcada para daqui a 15 dias.

 

leia mais:
Servidores da Vigilância em Saúde apresentam reivindicações ao governo federal

 

Na primeira reunião, o Ministério da Saúde admitiu que o ponto eletrônico não é a melhor forma de controlar a frequência na saúde, mas disse que trabalha com a ideia de um mecanismo alternativo baseado no cumprimento de metas - o que também preocupa.

 

Na etapa seguinte da reunião, os representantes do governo ouviram as reivindicações dos servidores da Vigilância em Saúde (ex-Funasa) - que contestaram as condições de trabalho, defenderam o pagamento de passivos e soluções para questões ligadas ao plano de carreira - e se comprometeram a trazer respostas no próximo encontro.

 

Representaram o Ministério da Saúde o subsecretário nacional de Administração, Antonio Mallet, o diretor do Departamento de Gestão Hospitalar do Nerj, Paulo Henrique de Melo, a responsável pelos Recursos Humanos no Rio, Denise Pereira, e o coordenador administrativo do Into (Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad), Jair Veiga.

 

Pela direção do Sindsprev-RJ participaram da atividade Christiane Gerardo, Edna Teodoro, Isaac Loureiro, Josimar Januário, Lúcia Pádua, Maria Celina, Marquinhos, Pedro Jorge Gomes (Pedrinho), Ricardo Messias, Sidney Castro e Jose Carlos (que não chegou a participar das reuniões, mas esteve no local). A negociação teve a participação ainda de representantes da Fenasps, do Sintrasef e da Condsef.

 

*Daqui a pouco mais sobre as negociações no Ministério da Saúde na página do Sindsprev-RJ na internet.

 


Foto: Niko 

 

 






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec