Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Saúde Federal  

Nesta quinta, Sindsprev/RJ negocia com Ministério da Saúde

28/11/2017

Por Olyntho Contente

Da Redação do Sindsprev/RJ

Concurso público, 30 horas para todos, insalubridade, ponto eletrônico e incorporação da GDPST. Estes são alguns pontos a serem discutidos por diretores do Sindsprev/RJ com representantes do Ministério da Saúde, nesta quinta-feira (30/11), em Brasília. O encontro foi acertado em reunião no último dia 21, entre a Federação Nacional (Fenasps) e gestores do MS, na sede do Núcleo do Ministério da Saúde de Belo Horizonte.

Os temas foram tratados na reunião com a Fenasps, mas vão voltar ao debate na quinta-fera. Por exemplo, os dirigentes enfatizaram a urgência da realização de concurso público, cobrando que o MS insista junto ao Ministério do Planejamento, na realização mais rápida possível, pois em dois anos o ministério ficará com mais de 70% do seu quadro reduzido em função das aposentadorias. Em relação às 30 horas para todos, o coordenador-geral, Pablo Marques, disse que encaminhou a reivindicação para que o MS possa ter uma posição única. Foi feita denúncia de que os servidores federais cedidos estão sofrendo assédio moral, deles sendo exigida a jornada de 40 horas. O assunto foi entregue para ser resolvido.

Outro assunto que os sindicalistas buscaram sem sucesso tratar foi o relativo às novas regras trabalhistas e a reforma previdenciária. O subsecretário de assuntos administrativos do MS, Leonardo de Alcântara, afirmou que não discutiria o assunto pois é política de governo e estaria além da sua competência.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec