Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Saúde Estadual  

Assembleia no Azevedo Lima pode aprovar greve

21/05/2014

Da Redação do Sindsprev/RJ
Por Olyntho Contente

Os trabalhadores do Hospital Azevedo Lima, em Niterói, farão assembleia nesta quinta-feira (22/5), às 10 horas, em frente ao treiler, para discutir se entram em greve. nesta quinta-feira (22/5), às 10 horas, em frente ao treiler. Participarão servidores estatutários e trabalhadores em cooperativas e organizações sociais.

Os servidores estatutários estão em campanha salarial e enfrentando a recusa do governo do estado em apresentar uma proposta à pauta de reivindicações entregue em setembro do ano passado. Os contratados de cooperativas e OS estão com salários atrasados e lutam pela normalização do pagamento. Todos sofrem ainda com as péssimas condições de trabalho e atendimento e com assédio moral.

No dia da assembleia haverá ato público com a participação de familiares de pacientes e outros usuários do hospital. O ato acontecerá logo em seguida da assembleia.

Reivindicações

Estão entre as reivindicações gerais dos trabalhadores do Azevedo Lima: reajuste salarial emergencial, atendimento público e de qualidade, regularização do pagamento de salários, incorporação da Geeled, fim do assédio moral, contra a privatização e pela realização de concurso público.

Greve se amplia

Os servidores da saúde do estado estão em campanha salarial e com greves em curso na Vigilância Sanitária e no prédio da Rua México, 128. Os do Hospital Rocha Faria aprovaram indicativamente entrar em greve no dia 19. Assembleia geral do estado aprovou greve a partir deste dia 21. 

Entre as reivindicações estão condições dignas de trabalho; implementação de PCCS à luz das diretrizes nacionais PCCS-SUS; incorporação imediata das gratificações Geeled, encargos SES e GTTPC ao vencimento-base; e reposição salarial que leve em conta as perdas de poder aquisitivo ocorridas nos últimos 14 anos. Na terça-feira (20/05), às 11h, no hall do prédio SES – rua México 128 – centro, os servidores do Nível Central fazem assembleia de avaliação da greve.

Outra categoria que também poderá decretar greve é a dos servidores da saúde federal, que realizam assembleia no próximo dia 20/05, no Sindsprev/RJ. Os trabalhadores lutam pela extensão das 30h a todos os setores, em defesa do duplo-vínculo e contra todas as formas de privatização.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec