Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Economia  

Ministro de Lula defende privatização de "estatais não-estratégicas"

03/03/2008

Por Marina Gazzoni (Colaboração para a Folha de S.Paulo)

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, manifestou sua opinião pessoal favorável à privatização de estatais não "estratégicas" para a administração do país, após a posse da nova diretoria da Amcham (Câmara Americana de Comércio), em São Paulo.

Entre essas estatais estariam a Infraero -cujo planejamento para abrir capital já está em andamento-, os Correios e até mesmo os bancos estatais Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. Segundo ele, a privatização permitiria uma maior competitividade entre os setores, que poderia beneficiar o consumidor.

O ministro frisou se que trata de uma opinião pessoal, e que defenderá a posição do governo federal mesmo que seja contrária ao que acredita. "Se houver a decisão do governo de não privatizar, eu sou um ministro disciplinado e defenderei a posição do governo", disse.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec