Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Geral  

Saúde de Itaguaí decide entrar em greve na segunda-feira (9)

04/02/2015

Servidores protestam em Itaguaí, na terça-feira (3)
foto: arquivo pessoal

Da Redação do Sindsprev/RJ
Por Hélcio Duarte Filho

Com os salários atrasados, os servidores municipais da saúde de Itaguaí decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir da próxima segunda-feira (9). O movimento reúne ainda os servidores da área de transporte e educação – sendo que estes últimos ainda vão definir quando aderem à paralisação.

A decisão foi tomada após a Prefeitura lançar decreto que suspende por 120 dias os efeitos do Plano de Cargos, Carreira e Salários aprovado pela Câmara de Vereadores. O atraso nos salários, que normalmente são pagos no dia 30 de cada mês, foi a gota d’água. A Prefeitura informou que o pagamento deve ocorrer no dia 5. O prefeito da cidade, Luciano Motta, teria dito que o atraso se deve à “crise econômica, que é nacional”.

O prefeito é investigado pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal por suposta participação num esquema de fraude com recursos do Sistema Único de Saúde (SUS), que teria desviado cerca de R$ 10 milhões.

A direção do Sindsprev/RJ acompanhou e ajudou a organizar o ato realizado pelos servidores nas ruas centrais de Itaguaí na terça-feira (3). “A crise em Itaguaí é moral”, critica Christiane Gerado, dirigente do Sindsprev/RJ.

Os trabalhadores fazem assembleia e nova manifestação nessa quinta-feira (5), a partir das 17 horas, no centro da cidade – o ponto de encontro é próximo às Lojas Americanas.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec