Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Geral  

Governo Pezão estuda reduzir salários e demitir servidores concursados

06/05/2016

Da Redação do Sindsprev/RJ

Não há nada tão horrível que não possa piorar ainda mais. Esse dito popular tem, infelizmente, se confirmado no Estado do Rio, onde este mês o governo Pezão anunciou a intenção de eliminar cargos, cortar salários e até demitir servidores estatutários (concursados). A alegação é de que o Estado já teria chegado a comprometer cerca de 90% de sua receita com o pagamento da folha dos servidores, ultrapassando o limite de 60% estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

A opção de redução salarial dos servidores seria um corte linear de 30% nos vencimentos do funcionalismo, algo inimaginável sobretudo quando se sabe que os salários já estão arrochados e que o atual governo sequer os paga em dia, como vem acontecendo nos últimos três meses.

Em vez de propor as vergonhosas medidas de corte salarial e possível demissão de servidores, o governo deveria é cortar todos os subsídios e isenções tributárias que continua dando a grandes empresas, o que, segundo relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE), levou a uma perda de arrecadação da ordem de R$ 138 bilhões em Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

O problema não é a falta de recursos, mas aquilo que o governo considera como 'prioridades', entre as quais não estão o funcionalismo e, muito menos, o serviço público gratuito, universal e de qualidade para toda a população.

Se o governo do Estado efetivar a ameaça de cortes, as categorias do funcionalismo vão reagir à altura. Os cortes propostos nada mais são do que uma tentativa de jogar nas costas dos servidores a conta de uma crise que não produziram e pela qual não são responsáveis.
Sindsprev/RJ

 






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec