Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
MPS  

INSS: gerente administrativa da Pedro Lessa diz que obras de reforma 'já foram iniciadas'

01/02/2012

Na foto, bombeiros durante o incêndio que atingiu o prédio da Av. Pedro Lessa, em setembro de 2011
Foto: Samuel Tosta

Por Sindsprev-RJ

Em reunião com o Sindsprev/RJ realizada na manhã dessa quarta-feira (1/02), a gerente administrativa do prédio do INSS da Av. Pedro Lessa, Marta Martins, informou que as obras de reforma da garagem do imóvel foram iniciadas esta semana. Segundo Marta, as obras na fachada do prédio e o conserto da escada externa deverão começar em, no máximo, dois meses, o que implicará o deslocamento de mesas e computadores de servidores, do chamado 'janelão' para uma área restrita. Todas as obras, ainda segundo a gerente, serão fiscalizadas por engenheiros do INSS e da firma contratada para a execução do serviço.

Da reunião também participaram a presidente e a secretária da 11ª Junta de Recursos do Ministério da Previdência Social (MPS), respectivamente, Moema Passos Lobo e Claudia Calumby. Segundo Marta Martins, laudo do Crea-RJ constatou não haver problemas estruturais no prédio da Pedro Lessa, apesar de, em contato com o Sindsprev/RJ, servidores terem alertado sobre a existência de algumas pequenas rachaduras e vazamentos. Quanto aos elevadores, segundo Marta, só deverão ser modificados após a conclusão de todas as reformas. De acordo com a gerente, apenas dois aparelhos continuam funcionando regularmente. Os outros dois estão parados devido a problemas em seus geradores.

No que diz respeito à Brigada de Incêndio, a gerente informou já ter solicitado, à Procuradoria do INSS, autorização para que se contrate esse serviço, dada a sua necessidade urgente no edifício da Pedro Lessa.

“A reunião foi produtiva, mas acompanharemos todos os passos dessas obras e pedirei ao Sindsprev/RJ que também solicite a fiscalização junto aos órgãos competentes. A insatisfação dos servidores é muito grande por causa das precárias condições que sempre tivemos na Pedro Lessa”, disse o diretor da Regional Centro do Sindicato e servidor do MPS, Edilson ‘Mariano’ Gonçalves.

Em outubro do ano passado, um mês após o incêndio no térreo do prédio da Pedro Lessa, os servidores da 11ª Junta de Recursos da Previdência Social decidiram, na época, dar um prazo máximo de 30 dias para que o Ministério da Previdência Social (MPS) os transferisse do imóvel, onde ocupam o 3º andar.  Um abaixo-assinado, com pedido de providências urgentes, foi também encaminhado ao presidente do Conselho de Recursos da Previdência, Dr. Salvador Marciano, em Brasília.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec