Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
INSS  

Greve por tempo indeterminado começa no INSS no Rio e no país

07/07/2015

Servidores durante a assembleia no Rio, realizada na segunda (6), que aprovou o início da greve
fotos: Fernando França

Da Redação do Sindsprev-RJ
Por Hélcio Duarte Filho

Os servidores do INSS iniciaram, nesta terça-feira (7), greve por tempo indeterminado no Rio e em outros estados do país. O movimento é nacional e integra a campanha salarial geral do funcionalismo – que luta pela reposição das perdas salariais (27,3%), data-base, paridade entre ativos e aposentados, dentre 20 itens já apresentados ao Ministério do Planejamento. Mas a paralisação é também por reivindicações específicas, como condições de trabalho, fim do REAT, incorporação de 80% da GDASS, incorporação da GAE e aumento do auxílio-alimentação, entre outras.

Não há ainda um quadro nacional ou estadual da greve, mas sabe-se que já há paralisação em muitos estados e em diversas agências da Previdência Social no Rio de Janeiro. As primeiras informações que chegam à Redação do Sindsprev/RJ apontam que estão paradas e de portas fechadas as agências da Barra, Belford Roxo, André Moreira (Méier), Jacarepaguá, Arraial do Cabo, Maricá, São Gonçalo, Itaguaí. Em Macaé, os servidores vão se reunir no início da tarde para debater e organizar a paralisação. Os trabalhadores da APS de São João de Meriti estavam reunidos na manhã desta terça para decidir sobre a adesão. Em Queimados, após assembleia, os servidores decidiram aderir à paralisação. Já a agência do Bairro de Fátima, em Niterói, os servidores aprovaram parar a partir desta quarta-feira (8).

O sindicato pede que todos os servidores enviem à entidade dados sobre a paralisação em seu local de trabalho e eventuais solicitações de apoio e de materiais. As mensagens podem ser remetidas para o seguinte email: sindsprevrj@sindsprevrj.org.br, com cópia para imprensa@sindsprevrj.org.br. O Comando de Greve do INSS será instalado em uma reunião marcada para as 16 horas desta terça (7), na sede do sindicato (rua Joaquim Silva 98-A, Lapa).

O início da greve nacional foi definido em duas recentes plenárias nacionais, realizadas em Brasília e convocadas pela Fenasps, a federação nacional do setor. No Rio, a decisão foi tomada após uma série de reuniões nas agências, que culminou na assembleia geral de toda a seguridade e seguro social, ocorrida na noite da segunda-feira (6).

A mesma assembleia indicou o início da greve na saúde federal para o dia 13 de julho. Atos e atividades de mobilização estão sendo realizados nesta terça (7) nos hospitais federais – com manifestações no Into e no Cardoso Fontes, sendo que, neste último, com paralisação de 24 horas. O Comando de Mobilização da saúde federal se reúne na sexta-feira, ás 14 horas, também na sede do Sindsprev/RJ.


Foto: Fernando França






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec