Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
INSS  

Greve em Niterói cresce e irá às ruas no ato do dia 30

24/07/2015

PS Centro, na av. Amaral Peixoto: assembleia já é forte em quase todos os município da Gerência Niterói
Foto: Fernando França

Da Redação do Sindsprev-RJ
Por Hélcio Duarte Filho

A greve vai às ruas em Niterói. Os servidores do INSS, reunidos em assembleia na quarta-feira (22), decidiram convocar o conjunto dos trabalhadores do setor e servidores da saúde e de outras áreas do serviço público em greve ou mobilização para realizar um grande ato em Niterói no dia 30 de julho, quinta-feira que vem. A concentração para o ato começa as 10 horas, em frente ao Hospital Universitário Antônio Pedro.

Na véspera da assembleia, eles já haviam realizado uma manifestação em frente à Agência Centro da Previdência Social, localizada na av. Amaral Peixoto, da qual participaram servidores de APS de várias cidades abrangidas pela Gerência Niterói.

O objetivo do ato do dia 30 é dar mais visibilidade à greve, que tem adesão crescente na região. Como vem acontecendo em outras assembleias, os servidores destacaram a importância do momento para a categoria exigir a incorporação da gratificação produtivista e se libertar de um quadro de opressão onde até o direito à aposentadoria foi cerceado dos trabalhadores. “Estamos reconquistando o direito de nos expressarmos”, disse o servidor Carlos Vinicius da Costa, servidor do INSS e ex-dirigente do Sindsprev-RJ. “O paradoxo é que trabalhamos concedendo aposentadoria e hoje não temos o direito de nos aposentar”, disse.

O servidor Thiago Gomes, da APS de São Gonçalo, que entrou no Instituto em concursos recentes, disse que a política do governo é discriminar para dividir a categoria entre novos e antigos, mas os servidores não devem cair nessa armadilha. “O pessoal que construiu o INSS está aqui”, disse, sendo muito aplaudido. “Só por estarmos unidos essa greve já é vitoriosa”, afirmou.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec